sexta-feira, 23 de maio de 2014

5. s/ título 1

AUTOR: Adiasmachado
Acrílico s/tela 
40x60cm


QUO VADIS

 Enquanto não convido o sono
E o sono se vai clonando em mim
Numa fogosa Demanda pelo Dono
Círculo quadrado no prumo e enfim…

Deambulamos pelos catetos
Como jograis do tempo que passa
Vãos reféns de oníricos afetos
No hausto de esteira de alva cassa.

Passado o Tempo, chegada a Hora
No remanso feito martírio
Logramos sublimar a demora
No vale de exangue delírio.

Uma paisagem, uma ombreira
Um lugar, (de)novo encontro
Fácies que assomam da cabeceira
Na alegoria de Alter ego apronto.

Francisco Correia

Sem comentários:

Publicar um comentário